Cantor Paulinho Paixão tem ônibus apedrejado e quase é linchado pelo público

Font Size Larger Font Smaller Font
AddThis Social Bookmark Button

O cantor Paulinho Paixão se envolveu em mais uma confusão na tarde desse domingo (25), quando realizaria um show em um balneário da cidade de Joselândia, no Maranhão, próximo a cidade de Presidente Dutra.

 

Segundo informações da 11º Companhia da Polícia Militar do Maranhão (CPM-MA), com sede em Presidentre Dutra, uma viatura foi acionada para conter a ação da população que ameaçava a banda e o cantor, e ainda tentavam atear fogo em seu ônibus.

 

O tenente do 11º CPM-MA, José Welligton Monteiro, leu para a reportagem do Portal da Clube o relatório de ocorrência sobre o caso, feito pelo tenente Aécio Danys Pinheiro Costa, responsável pela guarnição.

 

Confira o Relatório na íntegra:

 

"Comunicamos que no dia 25 de setembro de 2011, os policiais militares do destacamento de Joselândia no Maranhão, se deslocaram para o povoado Cazuza, zona rural do município, para a realização de uma ronda policial, já que no local que recebe o nome de Balneário Cazuza deveria ser realizada uma festa. No momento da operação foi verificada uma grande confusão envolvendo o público da festa com o cantor Paulinho Paixão. A confusão teria sido iniciada devido o atraso da apresentação do cantor, que ao subir ao palco, era notório o seu estado de embriaguês. Revoltados, o público começou a atirar garrafas, cadeiras e pedras no cantor, que conseguiu sair rapidamente do local. Em seguida o ônibus da Banda foi cercado e apedrejado pelo público da festa, que ainda tentou colocar fogo no veículo, mas foram impedidos pela ação da polícia. No momento da festa havia um público de 1,5 mil pessoas".

 

Ainda durante a entrevista, o tentente Welliligton Monteiro ressaltou que a rápida ação da polícia evitou que o cantor fosse linchado pela população. Já o veículo da banda ficou bastante danificado, segundo ele.

 

Segundo a Midas Produções, que empresaria o cantor, os fatos relatados não passaram apenas de boatos.

 

"Não houve confusão. Na realidade o cantor faria sua apresentação no clube e só não se apresentou porque estava muito doente. Ele chegou a ir ao local, falou com os proprietários da festa, mas não chegou a subir ao palco. Apenas uma dúzia de pessoas 'sem vergonhas', que não tinha o que fazer, que iniciaram uma pequena discussão, rapidamente contida. Volto a dizer que não houve confusão alguma, e que inclusive o show já foi remarcado", ressalta Benonias Cardoso. empresário de Paulinho Paixão.

 

Reportagem: Gil Oliveira

Foto: Divulgação

Fonte: portaldaclube

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

eXTReMe Tracker

Mural de Recados

Último recado deixado:

Laise Brito
31/07/2014 às 22h03
Estudante
Marcos Parente - PI

Ministério Público Federal investiga uso indevido de Maquina do Pac 2 em Marcos Parente PI: O Ministério Público Federal, através do Procurador da República, Saulo Linhares da Rocha, instaurou um Procedimento Preparatório para apurar o uso indevido [...]

Ver recado completo »

Últimos Comentários

contadores web

eXTReMe Tracker